Panóptico

Posts Tagged ‘educacao

Setembro

with one comment


Foto: autor desconhecido

Justamente num mês cheio de ações questionadoras do modelo de deslocamento baseado no automóvel, este espaço ficou devendo as atualizações que os leitores mereciam.

Parte da equipe de jornalistas panópticos viajou ao Caribe, a convite da Associação Caribenha de Turismo e da CVC, para cobrir um evento fundamental para o desenvolvimento da sociedade brasileira; parte esteve jantando em ótimos restaurantes e entrevistando chefs, de modo a atualizar o Guia Panóptico São Paulo de Gastronomia, afinal, um país onde milhões passam fome tem que possuir uma referência na área.

Como nossos colunistas políticos estão nos Estados Unidos acompanhando as eleições do país que interessa e nossos colunistas sociais estão remodelando o Catálogo Bulimia Panóptica Fashion Verão 2009, restou este colunista que vos fala.

Entretanto, as negociações com anunciantes ecológicos, recepções a candidatos a prefeito preocupados, conversas telefônicas com especuladores desesperados e reuniões com advogados tributaristas vêm tomando mais tempo que o esperado.

Apesar do aperto das horas, seguimos contentes e pretendemos voltar à carga em breve.

Anúncios

Written by panopticosp

setembro 25, 2008 at 20:20

Investindo no futuro

with 2 comments


Foto: China Photo Press. Todos os direitos reservados

Os novos uniformes escolares desta escola chinesa falam por si.

Expor propaganda de cigarro no peito de crianças é proibido no país onde você fabrica seu produto? Faça-o na terra da promessa de expansão do capital.

Uma nuvem de fumaça alarma cidades de um pequeno país onde vivem bilhões de pessoas? Patrocine uniformes escolares hoje e venda carros e combustível enquanto o amanhã existir.

Via Marlboro Sponsors Children’s School Uniforms (em inglês)
Relacionado:
Ocidente é em parte responsável pela poluição da China, artigo, Ecologia Urbana

Written by panopticosp

agosto 28, 2008 at 17:46

Publicado em publicidade

Tagged with , , ,

União nacional dos estudantes motoristas

with 2 comments

chevrolet-isic.jpg

“Para quem tem Isic, desconto na Chevrolet é item de série”

Afora para parte da classe média que quando o filho passa no vestibular, presenteia-o com um carro, estudar não tem nada a ver com dirigir.

Poderíamos pensar que, para o jovem que completa 18 anos e fez tudo segundo as regras (pagou propina ao instrutor ou despachante, ou não esbarrou na guia na hora da baliza), o carro é um instrumento que o permite colocar em prática um desejo, seja de liberdade, seja de independência ou qualquer outro.

Neste sentido, o carro seria um presente em reconhecimento ao esforço do jovem em ultrapassar a barreira do cruel sistema brasileiro de eliminação de candidatos. Parece-nos, porém, que, para o estudante e sua família, o carro é muito mais do que um presente.

Na classe média alta paulistana, uma espécie de ritual de passagem para a vida adulta inclui o carro. Em todas as sociedades, grandes mudanças pedem um objeto cheio de significado. Nada mais “natural” que a passagem do ensino médio a um concorrido curso superior seja representada pela imagem sacra mór que é o carro. Afinal, na sociedade do automóvel, parece ser nele e através dele que a experiência adulta se inicia, de fato.

O carro é um símbolo da vida adulta, como as calças cumpridas já foram um dia. É apetrecho obrigatório entre as classes mais altas; é apetrecho invejado e desejado entre as classes mais baixas. É “item de série” do estudante, como diz a propaganda acima.

Qual estudante?

A maioria das famílias brasileiras é pobre, conseqüentemente, a maioria dos estudantes é pobre. Mantém-se no ensino médio por obrigação, esperança de dias melhores ou falta de coisa melhor para fazer mesmo, uma vez que, em geral, a escola pública não é bem avaliada por ninguém.

A educação da maioria é daquelas áreas em que o governo está sempre investindo, pesquisando e declara prioritária. Uma área prioritária que quase não sai do lugar. Como essa maioria tem que dar um jeito de não virar suco. Depois de freqüentar a rede pública de ensino média, ela corre atrás do prejuízo na rede privada de ensino superior. Vira refém de “Unis” pilantras, cursos de especialização falsos e agências de recursos humanos 171.

Desde que empresas detectaram que a vontade de aprender e trabalhar é grande entre aqueles aprisionados pela falta de oportunidades no ensino público, é a livre concorrência quem regula a qualidade do ensino. O governo lava as mãos e larga a educação da nação aos cuidados de empresários, anos depois anuncia preocupação com o recorde de reprovações no exame da OAB.

O movimento estudantil foi para a casa do chapéu. Junto com a maioria dos sindicatos, viraram aparelhos burocráticos de cobrança de mensalidades e emissão de documentos.

As uniões estudantis calam-se sobre o oba-oba do ensino superior privado que abocanha salários de jovens trabalhadores interessados em ter uma vida mais confortável. Quando a idéia é se associar com multinacionais para vender carros aos estudantes que não precisam trabalhar oito horas por dia e podem pagar pelas prestações de um, mostram-se alertas e ativas.

Written by panopticosp

março 26, 2008 at 19:37

Publicado em publicidade, transporte

Tagged with , ,

Eu fumo e tusso fumaça de gasolina

leave a comment »

O Diário Oficial de 11 de setembro publicou:

COMUNICADO Nº.1.468,.DE 10 DE SETEMBRO DE 2007.

Recomenda cuidados especiais com os alunos nos dias em que se registra baixa umidade relativa do ar na cidade de São Paulo.
O Secretário Municipal de Educação, usando de suas atribuições legais e considerando:
– a ocorrência de baixa umidade relativa do ar na cidade de São Paulo;
– os perigos de agravos à saúde dos escolares que ficam expostos ao sol em dias muito quentes;

Resolve:
Recomendar aos gestores e educadores de todas as unidades Educacionais da Rede que:
– em dias muito quentes evitem a exposição dos alunos em locais descobertos e ou por períodos prolongados;
– desenvolvam atividades mais leves com os alunos durante as aulas de Educação Física;
– ofereçam várias oportunidades de hidratação aos alunos durante sua jornada escolar;
– recomendem às famílias e aos alunos o uso de fotoprotetor solar quando expostos ao sol.

O Secretário perdeu a oportunidade de comunicar algo que não atentasse a inteligência dos estudantes que pretende educar. Poderia ter recomendado que:

– pais de alunos dependentes do automóvel – notadamente pais de estudantes de escolas privadas – evitem o uso do transporte individual, de forma a amenizar os efeitos da poluição do ar respirado por estudantes da rede privada, pública e demais seres vivos;
– alunos que abandonarem o vício do automóvel e da fila dupla de papais e mamães na porta da escola sejam bonificados com um livro a sua escolha;
– a venda de alimentos gordurosos com baixo valor nutricional seja substituída pela distribuição gratuita e farta de frutas hidratantes variadas;
– seja fornecido gratuitamente protetor solar a todos os estudantes;
– seja implementado serviço de empréstimo de bicicletas a todos os estudantes;
– seja implementada campanha educacional sobre clima, ambiente e transporte.

Ao lado da matéria “Clima seco piora e deve durar até outubro” a Folha de S. Paulo, também no dia 11/09, publicou um quadro-explicativo que dizia:

Razões do Clima Seco
Massa de ar seco entre as regiões Sul e Sudeste, associada a um sistema de alta pressão

A Folha perdeu a oportunidade de publicar um quadro explicando:

– o que são “massas de ar seco associadas a um sistema de alta pressão”;
– porque este ar é negro e porque a massa é formada por partículas sólidas, como vemos nas fotos que o próprio jornal publica;
– porque a classe média socialmente responsável, público leitor do jornal, é responsável pela tosse dos próprios filhos e dos filhos dos moradores das áreas menos arborizadas e pobres da cidade;
– porque a sobrevivência financeira do jornal depende de anúncios de montadoras e concessionárias de automóveis emissores de partículas que retiram a umidade do ar.

De outro lado, ainda no dia 11/09, o quadro explicativo da página principal do site da CETESB não perdeu oportunidade alguma. É curto, grosso e inteligente ao associar numa frase saúde e transporte público, doença e poluição:

Condição atual da RMSP
Regular

Efeitos à saúde
Pessoas com doenças respiratórias podem apresentar sintomas como tosse seca e cansaço

Como proteger sua saúde
Preferir o transporte coletivo. Oferecer carona

A CETESB ainda recomenda:

– Adotar estratégias que permitam transferir ao usuário do transporte individual motorizado os custos indiretos provocados pela utilização de automóveis, de forma a evitar suas externalidades continuem a recair integralmente sobre a sociedade.

“Eu fumo e tusso fumaça de gasolina”, cantou Alceu Valença em Papagaio do Futuro. (Molhado de Suor, 1974)
(ou Trilha Sonora para comunicados oficiais de Secretários municipais e notícias da grande imprensa)

Relacionados:
Pedale Legal na Escola – Vídeo
Morte ao respirar
Carro: o grande vilão do ar

Written by panopticosp

setembro 12, 2007 at 4:04

2a. Edição da Cartilha sobre Abordagem Policial

leave a comment »

Amanhã, dia 23, 10h acontece no Salão de cidadania no Prédio da Secretaria de Justiça (Pátio do Colégio) o lançamento da 2a. edição da Cartilha sobre Abordagem Policial.

A cartilha “Abordagem Policial – O que podem e não podem fazer os policiais” vem responder ao anseio que muitas pessoas têm em conhecer as atribuições de um policial civil ou militar durante uma abordagem, independentemente do grau hierárquico que ocupa.

Para esta nova reedição incluímos três novos pontos fazem parte da nova edição:

1. Abordagem ao grupo GLBTT- gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais.

2. Metodologia das Audiências Públicas Comunitárias, que visa promover o diálogo entre comunidade e autoridades na busca de soluções dos problemas da comunidade.

3. Proposta de criação de Núcleo de Apoio à Ouvidoria de Policia do Estado de São Paulo. , que visa divulgar os serviços da ouvidoria de Policia junto às comunidades.

A cartilha “Abordagem Policial” é uma iniciativa do Centro de Direitos Humanos de Sapopemba, em parceria com o Movimento de Direitos Humanos do Regional São Paulo, Instituto Brasileiro de Estudos Comunitários-IBEAC, Entidade Ser Humano, Observatório de Violência Policial, Cedeca Mônica Paião Trevisan, Cedeca Dom Luciano Mendes de Almeida e Instituto Daniel Comboni.

:: Baixe a Cartilha de abordagem policial aqui ::

Technorati Tags: policia, direitoshumanos

Written by panopticosp

agosto 22, 2007 at 13:23

Publicado em política

Tagged with ,

Memórias de um autodidata

leave a comment »

Foi uma época franciscana na minha vida, não por querer, mas porque eu era duro, porque trabalho num jornal de sete da manhã ao meio dia, fazia tudo, desde varrer jornal, mexer um pouco na revisão (…)

Sei que dava para o seguinte: dava para almoçar no SAPS, que era no Anhangabaú, e jantar média e pão com manteiga, com muita dignidade. Até me lembro uma vez que estava na rua Marconi, estava o Fúlvio Abramo perto de mim e a Radah. Ela era uma boa moça, ela sempre teve vocação de grande senhora. E eu estava lá, tomando a minha média, um pão com manteiga e o Fúlvio disse: “Pô, mas é só isso?” Eu falei: “Esta é minha janta, numa boa”. Ela me olhou e não queria acreditar.

Tinha tempo para poder estudar, para poder ler. É nesse sentido que a biblioteca municipal foi a minha outra universidade. O Florestan fazia supletivo e freqüentava a biblioteca. Na época, ele já tinha deixado o trabalho de garçom no Pingüim, mas a gente freqüentava porque a comida era barata, e ele garantia uma parte do valor pra gente.

Entrevista de Maurício Tragtenberg cedida a Sonia Marrach IN MARRACH, Sonia Alem (org). Memórias de um autodidata no Brasil. Escuta-UNESP, São Paulo, 1999.

Aos interessados, a editora Faisca lançou recentemente A Revolução Russa, de Maurício Tragtenberg

Technorati tags: autodidatica.

Written by panopticosp

maio 16, 2007 at 21:07

Publicado em política

Tagged with

Cartilha sobre abordagem policial

with 24 comments

Cartilha do Centro de Direitos Humanos de Sapopemba, elaborada com a colaboração de diversas entidades, expõe de forma breve e didática as regras de abordagem policial.

Baixe a Cartilha de abordagem policial aqui

Technorati Tags: policia, abordagem+policial

Written by panopticosp

janeiro 24, 2007 at 17:38

Publicado em política

Tagged with ,