Panóptico

Vodca Absolut instala publicidade na Praça do Ciclista

with 2 comments

absolut_03
O índio e o globo “disco”

absolut_01
Espaço público cercado: globo, iluminação e centro de apoio – cubo preto

absolut-disco1
A explicação para o tema “discoteca”

Apesar da lei municipal, a Praça do Ciclista até hoje não ganhou uma placa de identificação oficial; o paraciclo de lá retirado em 2008 nunca mais voltou; os gradis de proteção também não foram reinstalados; e a bela bicicleta com a qual o índio venezuelano foi homenageado foi arrombada.

Esta semana, porém, o oposto ocorreu. Em vez de retirarem algo, instalaram alguma coisa na praça. Infelizmente, não trata-se de um equipamento público. Um globo espelhado de discoteca apareceu por lá.

Ao avistar o globo brilhante acompanhado de uma espécie de casinha preta, protegida por uma cerca e um segurança, pouco se pode concluir. Não há logotipo ou marca estampada.

Além de construírem sites ridículos e espalhar virais que só um grupinho acha inovador, os publicitários colocaram na cabeça que mensagens misteriosas despertam a curiosidade e ajudam a melhorar a imagem das tranqueiras que promovem.

Além de causar o desejado buzz, o globo de discoteca não identificado tem, obviamente, a pretensão de despistar a lei Cidade Limpa.

absolut_02
O segurança dos equipamentos – sempre ao celular

absolut-disco-site
O site com tema “disco” é interativo, como as agências de publicidade adoram

Ao instalar os globos (são dois, em locais diferentes), a vodca Absolut goza da população e tira o sarro da cara de todos os pequenos comerciantes que tiveram que se adaptar à lei. Mais que isso, a marca caçoa da prefeitura. Provoca descaradamente o poder público.

Ademais, o globo não está instalado num gramado qualquer, ele está instalado num centro de manifestação social, num local de concentração política.

Assim como a enorme propaganda num cinema que tem “arte” no nome é um afronte a arte cinematográfica, a publicidade pop na Praça do Ciclista é um acinte às mobilizações de transformação social que lá se concentram.

As explicações da marca e da Prefeitura publicadas hoje, entretanto, deixam transparecer que a sinergia – apesar da aparente confusão na comunicação – entre poder púbico e privado na cidade que está literalmente vendendo seus bairros é muito maior do todos imaginavam.

Relacionados:
Praça do Ciclista – em São Paulo e agora em Aracaju, artigo, Vá de bike!
Carnaval-inauguração na Praça do Ciclista, artigo, Praça do Ciclista

Written by panopticosp

abril 30, 2009 às 9:47

Publicado em publicidade

Tagged with ,

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Caro amigo. Parabéns. Teu blog é fenomenal. Ótima leitura. Vivo a mais de dez anos em São Paulo e me recuso a ter um carro. Até hoje não senti falta e acho um absurdo esta cidade se transformar unica e exclusivamente em funcao do carro particular como tu muito bem disse em um outro post brilhante. Parabens mesmo. Vou linkar pra ca no meu blog e te seguir no Twitter. Grande abraço.

    Guilhes

    maio 5, 2009 at 21:43

  2. […] abril, a Vodca Absolut também desafiou a lei fazendo uso da mesma arte. A empresa instalou, em diversos pontos da cidade, globos espelhados sem logotipos ou qualquer […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: