Panóptico

Ford ignora Cidade Limpa com anuência de Cine Unibanco

with 3 comments

ford_unibanco_01

Não parece, mas esta é a entrada de um cinema em São Paulo.

Eu, como muitos, tenho saudades de quando as salas de cinema não tinham nomes de bancos. Seguimos ignorando a maioria deles, basicamente porque não tem como chamar um cinema de “HSBC” e porque “Sala BNDES” não tem nada a ver com Bergman e Sganzerla. Para as gerações mais novas, entretanto, as nomenclaturas já soam mais naturais, e um cinema com nome de uma palha de aço é algo normal.

Passar em frente a um cinema e ver uma publicidade que faz da porta de entrada uma espécie portal rumo às maravilhas do SUV (carros-tanques-chiques) é um insulto. Um desrespeito ao frequentador do cinema de rua e um ultraje ao cinema não comercial.

ford_unibanco_02

Obviamente, é também uma provocação à lei Cidade Limpa, que limita a publicidade na cidade. A propaganda (mesmo que, por acaso, tenha autorização municipal) é nitidamente exagerada e deixa claro que os donos das lojas e bares em frente, que tiveram que retirar suas placas, fizeram papel de bobos, pois a Ford pode inventar um evento, pendurar um painel do tamanho do prédio, instalar um valet e tudo está legal.

Que a situação financeira dos cinemas de rua não é das melhores, todos sabem. Com o objetivo de manter as salas abertas, concessões são compreeensíveis. Já estampar um carro gigante na fachada e delegar a entrada no salão a promotores de eventos é vergonhoso. Ao menos revela ao público a inspiração mesquinha dos proprietários do cinema.

Relacionados:
O glamour dos valets e a “revitalização” do centro, artigo, panóptico
Ford Edge traz Metropolitan Ópera de Nova York para São Paulo, notícia, Ford

PS. A quem interessar e tiver paciência:
O panóptico arrumou mais informação para se coçar e está no twitter @panóptico

Written by panopticosp

abril 14, 2009 às 11:32

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] retirar suas placas, fizeram papel de bobos, pois a Ford pode inventar um … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

  2. […] como a enorme propaganda num cinema que tem “arte” no nome é um afronte a arte cinematográfica, a publicidade pop na Praça do Ciclista é um acinte às […]

  3. […] Panoptico ( 1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: