Panóptico

Passado idealizado num bairro paulistano

leave a comment »

Ah, as fotografias antigas de São Paulo. São sempre tiro certo. Restaurante chique? Bar fedido? Jornal de domingo precisando aumentar a circulação? Pode apostar sem medo: imagens em preto e branco ou sépia do centro de São Paulo irão te ajudar.

Contemplar uma cidade que não existe mais é um dos maiores prazeres do paulistano. Idealizar uma nobre migração cheia de alegria é outro.

Caso queira conhecer os migrantes que a cidade renega e esconde (os nordestinos), visite o bairro do Bexiga; depois procure pelo sangue nobre europeu no bairro da Bela Vista [1].

Converse com os jovens madrugadores e desempregados descendentes de nordestinos, e converse com os jovens madrugadores e desempregados descendentes de italianos. Você notará que a identificação com suas origens é bem diferente.

Enquanto a classe média remediada se conecta ao passado europeu para se aproximar de uma história gloriosa, bela e prospera para mostrar sua carteirinha de paulistano de primeira linha; a classe baixa se conecta ao presente para se aproximar do futuro, onde as promessas de iogurte na mesa, carro na garagem e tênis de marca no pé se realizarão; nela a identificação e o orgulho com o passado nordestino, em geral, não aparecem espontaneamente.

[1] Obs.:

Em São Paulo ninguém sabe bem onde começam e terminam os bairros. Como em outras cidades, nomes são criados na tentativa de escapar do preconceito geográfico. Assim, a segunda maior favela da cidade vira “Morumbi Sul” na boca dos corretores de imóveis.

Bexiga e Bela Vista são o mesmo bairro. O Bexiga foi esquartejado pelo minhocão (seis pistas expressas elevadas), uma “praça” também com pistas elevadas (praça 14 bis) e outras avenidas. Como resultado, para ir à padaria você tem que passar sob um viaduto que serve de estacionamento e atravessar uma avenida.

Na Bela Vista estão os prédios caros; no Bexiga os cortiços, prédios e comércios pobres. Nas novelas italianas da Globo, você escutará “Bexiga”; no telejornal da Globo que fala sobre a sede de uma associação importante, você escutará “Bela Vista”. Porém, no telejornal da Globo que fala sobre o feroz ataque ao bolo de aniversário da cidade, você escutará “Bexiga”.

Sacou?

Written by panopticosp

abril 8, 2009 às 16:52

Publicado em mídia

Tagged with

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: