Panóptico

Atenção! Este veículo está sendo roubado. Ligue para a Car System

with 3 comments

Meu caçula “joga” futebol com a parede do quarto; vira e mexe, eu recebo uma buzinada na orelha ao atravessar a rua; minha mulher, vindo do centro, gasta três horas para chegar ao Terminal Capelinha, todos os dias.

Um ano atrás eu não percebia como isso é injusto.

Eu organizo processos no principal Tribunal de São Paulo. Trabalho fácil e chato. Mas tem estabilidade e o café ajuda nas horas de maior angústia. Maldita estabilidade. Coisa rara. 17 anos de casa, agora em abril.

A questão é que esse maldito alarme exclamando, o dia todo, “Atenção! Este veículo está sendo roubado” está me deixando maluco. Doido mesmo.

Quando uma moto esbarra na outra na área de estacionamento de motos que tem na rua aqui ao lado do Tribunal, lá vem “este veículo está sendo roubado”. As motos se esbarram a cada 10 minutos, porque o espaço de estacionamento – do tamanho de dois carros – serve a uma multidão de motoboys.

Eu não entendo esse alarme. Não sei se alguém o leva a sério. Um dia resolvi ligar para a “Car system” dizendo que “um veículo foi roubado” para ver o acontecia. Talvez eles mandassem uma equipe armada até o local e recuperassem o “veículo”, não sei.

O atendente me perguntou se não se tratava de um disparo acidental; de repente, alguém tinha trombado numa moto estacionada.

Eu acho que se alguém vê um veículo sendo roubado, deve simplesmente ligar para a polícia. O dono do objeto deve se lamentar e arcar com o prejuízo.

Eu só gostaria de organizar as pastas e documentos em paz, como venho fazendo há quase 17 anos, sem que ninguém me mande ligar para a “car system”.

Neste último ano que meu cérebro foi esfaqueado pela “car system”, percebi que eu e minha família nunca fizemos parte do tal “trânsito caótico de São Paulo”, como diz a TV. Que apesar de gostar de usar esse assunto para jogar conversa fora, eu não tenho nada a ver com ele.

Nunca tive carro. Nunca tive nenhum “veículo roubado” e todos os dias desperdiço horas no ônibus voltando do Tribunal.

Isso só me veio à cabeça depois que a Car System chegou à minha vida.

Respeito muito o doutor Oliveira, mas não suporto mais. Vou deixar o Tribunal.

(de um cidadão qualquer)

Written by panopticosp

março 20, 2009 às 16:08

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Caro sr, acredito q seu maior problema n esteja ligado ao eqpo de segurança em questão. Já q as pessoas q o utilizam (e pagam pelo serviço), apenas o fazem p garantir um bem q certamente trabalharam, para adquirir. Seu problema esta ligado ao mesmismo destes 17 anos trabalhando no q n gosta e n fazendo nada para mudar esta situação. Ve-se q sequer sai para se divertir com sua familia, deixando seu filho jogando “bola com a parede” (como o sr mesmo colocou). Sinto muito, mas muito mesmo, por sua vida n ter sentido, e por estar fazendo a mesma coisa com sua familia e, principalmente com seu filho.
    É uma pen.

    robert

    novembro 15, 2009 at 12:25

  2. minha vida é irada, eu escalo e tenho contato com a natureza, bem como uma família alegre que se ama.
    trabalho há três meses num escritório e gosto do que faço, mas não me peça para tolerar esse alarme maldito! abaixo a car systems.

    vitor

    novembro 8, 2010 at 11:05

  3. na frente da minha janela tb acontecia o mesmo.
    liguei, falei que o veícula realmente estava sendo roubado.
    Nunca mais tive esse problema….

    Thiago

    dezembro 10, 2010 at 21:34


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: