Panóptico

Dia 22, dia de paralisação. Vai furar?

with one comment

Houve um tempo em que homens e mulheres insatisfeitos com suas condições de trabalho se juntavam e pressionavam os patrões. Em vez de ficarem pelos corredores reclamando, como fazemos hoje, tomavam coragem e cruzavam os braços. Criaram uma identidade trabalhadora e sentiram o poder das ações coletivas.

Se temos direitos a descanso anual, 13o. salário e local salubre e seguro de trabalho foi graças a muita gente que parou sua máquina, interrompendo a linha de montagem, foi às ruas, apanhou e morreu. Foi assim em todo o mundo capitalista.

Hoje, um ambicioso administrador que acha um absurdo a algazarra de uma passeata no caminho do seu trabalho e se sente cansado após trabalhar sábados e domingos seguidos (sem direito a hora extra) para fechar aquele “projeto estratégico para a companhia” não liga uma coisa a outra, constata-se que seu cérebro já foi formatado pela sua empresa, pela Veja, pela Globo, pelo MBA, pela Você SA… pela cultura do cada um por si.

A humanidade errou quando comprou o sonho vendido pela indústria automobilística e pelos governos de seus países sede. Milhões de inocentes morrem em guerras por petróleo, milhões morrem gradualmente e em silêncio vítimas da poluição, milhões morrem em acidentes. As crianças não conhecem as ruas, os idosos têm medo delas, os deficientes vivem em prisão domiciliar, os adultos correm entre um carro e outro para chegar até a outra calçada.

A humanidade percebeu o erro. Chegou ao limite. Terá que enfrentar os poderosos.

Os carros tomaram a cidade e hoje somos obrigados a viver correndo para atravessar a rua e ficar parados no trânsito causado por eles. Eles não mandam na cidade!

Dia 22 é dia de paralisação mundial. Em toda grande greve existe o fura-greve, aquele sujeito que achava que não pode arriscar seu emprego por melhores condições de trabalho.

Amanhã você motorista tem a oportunidade de ser um fura-greve ou participar de uma paralisação para reflexão e apoio a luta pelo direito à cidade.

Em vez do direito de ficar uma hora parado sozinho no trânsito, a luta pelo uso racional do automóvel, pelo transporte coletivo público e por cidades mais humanas pode levar ao direito do seu filho brincar na rua e você chegar ao trabalho em 20 minutos enquanto lê um livro ou bate um papo.

Programação do Dia Mundial Sem Carro em São Paulo

Alguns Relacionados:
:.apocalipse motorizado
bicicletada
blog.transporteativo
worldcarfree

Technorati Tags: carfree

Written by panopticosp

setembro 21, 2007 às 12:45

Publicado em transporte

Tagged with , ,

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Essa imagem no túnel eu vi na cobertura da “grande mídia”. Uma intervenção simplesmente genial

    Parabéns pelo belo texto e obrigado pelo link!🙂

    João Guilherme

    setembro 26, 2007 at 23:54


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: