Panóptico

Prefeitura promove batatinhas fritas

with one comment

mccain.jpg

É viável um panfleto de campanha municipal estampar diversos modelos de batata frita, como acontece naqueles jornaiszinhos de supermercado?

É possível a prefeitura manter programas em favor da saúde e também manter parceria com uma fabricante de batatas fritas congeladas?

Empresas têm um só objetivo e jogam seu jogo, o jogo do mercado. Obviamente, estamparão seu nome em qualquer lugar que gere vendas. Agora, o governo municipal – que representa os interesses da população da cidade e não das empresas – deve aceitar qualquer parceria?

Óleo de cozinha entope o encanamento e polui muito. Quem seria contra uma campanha que promove a reciclagem e evita a poluição das águas? Ninguém, claro. Uma ótima oportunidade de fazer publicidade, portanto.

Mas, a Ambev deve patrocinar grupos de apoio a dependentes alcoólicos? Porque não? Afinal, existem descontrolados que precisam de ajuda, mesmo com os eficientes avisos “beba com moderação”. A Souza Cruz também avisa que “fumar causa câncer”, não? E o Unibanco não afirma todos os dias “use seu cartão de crédito com responsabilidade”?

Eles são responsáveis e nós irresponsáveis!

Aceitamos o empréstimo oferecido pelo operador de telemarketing do cartão de crédito. De repente, não damos conta dos juros de 10% ao mês, mas que falta de planejamento deixar a dívida virar uma bola de neve!

Aceitamos as loiras de mini-saia, a praia, os sorrisos das cervejas. De repente, numa cidade feia qualquer, viramos a esquina e batemos o carro, em mais um infeliz “acidente”.

Aceitamos o glamour do cigarro hollywoodiano aos 14 anos. De repente, aos 30, na tentativa de nos livrarmos do vício, estamos pagando por outras drogas – de outra multinacional.

Com a preocupação ambiental na pauta do momento, se você tivesse uma fábrica de batatinhas congeladas não apoiaria uma campanha que no fundo passa a mensagem: Preocupado com a poluição causada pelo óleo? Não se preocupe, pode fritar nossas batatas à vontade, o óleo será reciclado! (mais ou menos do mesmo modo que um refrigerante Zero, passa a mensagem: Não tem açúcar. É água. Tem nome de água!)

O recado do marketing é: com “responsabilidade” o consumo não tem o freio da culpa.

Esta “responsabilidade” pode, inclusive, estimular o consumo. Afinal, quando compro um bloquinho de papel reciclado estou deixando de comprar papel branco ou estou apenas comprando um produto com o selo “ecologicamente correto” que não compraria caso não o fosse?

Finalmente, quem levaria – vai levar – vantagem nas parcerias ong + governo + empresa multinacional? A população? Conhece grande empresa que faz parceria para levar desvantagem?

Relacionados:
Parcerias são firmadas para melhoria da qualidade ambiental, notícia Prefeitura de São Paulo.
Salgadinho no ônibus e miojo na janta
Zero nutrientes

Technorati tags: alimentação, obesidade, ppp, batatafrita

Written by panopticosp

setembro 4, 2007 às 3:13

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] Prefeitura promove batatinhas fritas Salgadinho no ônibus e miojo na […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: