Panóptico

Quanto custa manter um carro? Quanto custa não manter um carro?

with 32 comments

Em janeiro uma das frases mais comuns do cidadão metropolitano é “Esse mês tem IPVA”. Comentado em todos escritórios e rodas da classe média motorizada, o imposto é gerador de dívidas, preocupação e aborrecimento.

Optei por não ter um carro. Motivos não faltam. Decretei que janeiro é mês de restituição anual do IPVA. Essa restituição é simples: se eu tivesse um carro pagaria IPVA e teria outros gastos diversos, como não tenho, vou gastar essa quantia em algo de meu interesse.

Vamos fazer umas contas, porque se você faz parte do grosso da classe média, você está preocupado em economizar algum.

IMPOSTOS e SEGUROS… 2517,29
IPVA… R$ 735,12
Licenciamento e seguro obrigatório… R$ 48,38
Seguro particular contra os problemas modernos [1]… R$ 1733,79

COMBUSTÍVEL / ESTACIONAMENTO… R$ 1932
Gasolina (média-jan/07-SP=R$2,40/litro) x 20km/dia x 365 dias… R$ 1752
Durante o dia no trampo + o pernoite em casa….. R$ 180

MANUTENÇÃO QUE VC VAI TER QUE ENCARAR… 290,50 [2] [3] [4]
Óleo… R$ 12
Filtro de Óleo… R$ 6,04
Alinhamento e Balanceamento das Rodas… R$ 21
Filtro de Ar… R$ 5,30
Filtro de Combustível… R$ 9
Jogo de Lonas de Freios + Jogo de pastilhas… R$ 21,35
Amortecedores… R$ 113
Pneus… R$ 102,70

TOTAL GASTO ANUAL… R$ 4739

Certo, agora vamos ver um cidadão sem carro

Ônibus ida e volta para o trampo… R$ 2,30 x 2 x 26 dias = R$ 119,60 x 12 meses = R$ 1.435

Corridas de Táxi no sábado… R$ 30 x 3 fins de semana ao mês x 12 meses = R$ 1.080

TOTAL ANUAL SEM CARRO… R$ 2.515

———————————————————-
GASTO ANUAL COM CARRO… R$ 4.739
GASTO ANUAL SEM CARRO… R$ 2.515

RESTITUIÇÃO PARA NÃO MOTORIZADOS… R$ 2.224
———————————————————–

* Foram desprezados manutenções menos periódicas, que você pode enrolar, como limpeza dos bicos injetores e outras [5].
* Tudo isso, claro, considerando que não batam ou sequer risquem seu carro, que você não bata em alguém, não bata no carro de alguém, não bata em algum equipamento urbano, valeta, cachorro ou gato desavizado e que você não tome nenhuma multa de trânsito. Coisas muito dificeis de não acontecerem numa cidade como São Paulo.

[1] R$ 1926,43 é o preço da Porto-Seguro, motorista: 27 anos, masculino, solteiro, não estuda, carro na garagem dia e noite, carro com alarme, proprietário é o único condutor, seguro sem cobertura a danos a terceiros. R$ 1733,79 é o preço para o mesmo pefil com 10% de desconto

[2] Cotado no AutoZ – Dpaschoal on line

[3] Se vc pesquisar os preços de cada peça em diferentes lojas certamente encontrará melhores preços. Por isso não contabilizamos o custo da mão-de-obra – que não é nada barato. Assim fica um suposto desconto nas peças valendo pela mão-de-obra.

[4] Considerando que rodagem de 7.000 Km por ano. Exemplo: um filtro de ar custa R$ 7,56 e deve ser trocado a cada 10.000 Km, assim o valor anual (7.000 km) é de R$ 5,30

[5] Limpeza do Sistema de Injeção / Bomba de Óleo / Catalisadores / Limpadores de Para-Brisas / Escapamentos / Sistema Hidráulico dos Freios (Cilindro-mestre e cilindros de rodas) / Correias / Embreagem / Juntas Homocinéticas / Limpeza do Carburador / Molas (pivôs, terminais e buchas) / Serviços de Transmissão / Servo-Freio / Limpeza no sistema de arrefecimento / Bateria

Se você, como a maioria, se serviu de um financiamento para adquiri-lo, a coisa fica muito mais cara. Veja só ->

Se você é guerreiro nesse caos e resiste, sua restituição é total, ou seja, quase R$5.000

Technorati tags: carro, ipva, sao+paulo, transporte

Written by panopticosp

janeiro 18, 2007 às 19:57

Publicado em transporte

Tagged with

32 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Que legal que temos a mesma opinião! Li seu post por causa do seu comentário no meu blog. Mas é isso mesmo, pagamos uma fortuna para ter um carro e passamos metade do tempo no trânsito, nos estressando. Prefiro mais é fazer o que sempre fiz: andar, andar e andar. 😉

    Abraços e parabéns pela matéria!

    Pôlo

    janeiro 22, 2007 at 17:16

  2. […] Quanto custa manter um carro? Quanto custa não manter um carro? […]

  3. Gostei, de verdade.
    Acho que vou tentar contabilizar meus gastos durante o ano, com alpiste, uvas passas em ocasioes especiais e uma ou outra coisa por aí.

    Um saquinho de alpiste pra você, não-motorista.🙂

    O Rouxinol

    janeiro 30, 2007 at 13:01

  4. Se fizer um paralelo entre taxi e carro em Sã Paulo, andando a mesma distancia ,ao final de um mês qual seria a conta,levando em cosideração horário comercial com transito inclusive no meio da semana?

    Gilda Serson

    maio 29, 2007 at 13:29

  5. Agora leve em conta em ter um carro a disposição na garagem;
    Os quilometros livre que vc pode rodar sem se preocupar com a taximetro;
    As viagem que pode fazer;
    A praticidade de poder ir a qualquer canto sem ficar pagando bandeirada;
    O preço barato do alccol no caso dos carros flex;
    O simples prazer de ter o SEU carro!

    Gustavo

    setembro 14, 2007 at 15:21

  6. […] você pára de dirigir, outras vantagens vão se somando, você economiza dinheiro, fica um pouco menos estressado, agressivo e apressado…vária, para mim por exemplo, poder […]

  7. Adorei os cálculos!

    Ulisses Adirt

    novembro 15, 2007 at 5:51

  8. Você esqueceu da depreciação (um dos maiores custos);
    E também do custo de oportunidade (considerável)
    aumenta um bocado ein!

    mas ta bom

    abs

    Robson

    maio 30, 2008 at 23:05

  9. Quem mora aqui no Rio gasta menos pois conta com o serviço do saúdecar, que faz a manutenção preventiva e corretiva dos automóveis, dão ainda reboque 24hrs. As mensalidades são bem pequenas, consegui diminuir o custo do seguro e do mecânico, pois a mão de obra é gratuita, eles tem centro automotivo e rede credenciada. vale a pena conferir http://www.saudecar.com.br

    Fabiana

    junho 10, 2008 at 14:05

  10. Além da depreciação, considere também as prestações do financiamento que vc vai economizar. Ou, caso o carro estivesse totalmente pago, poderia considerar o rendimento anual do montante equivalente ao valor do carro em alguma aplicação qualquer, ou mesmo numa simples poupança.

    Carro, um conforto caro.

    Renan

    setembro 20, 2008 at 23:58

  11. Sem contar os anos de vida que você desperdiça dirigindo: http://tinyurl.com/calcule

    Willian Cruz

    janeiro 6, 2009 at 12:08

  12. gastar R$5.000 por ano com carro vale o preco do tempo ganho (voce nao computou a demora em esperar o onibus, 30 minutos mais a demora em chegar onde se quer porque o onibus para de 100 em 100 metros, mais 30 minutos – somando duas horas por dia x 30 dias, sao 60 horas no mes e 720 no ano, exatos um mes de vida perdido por ano enquanto se poderia estar fazendo outra coisa ou outra atividade remunerada para pagar o luxo de andar de carro) e de nao ter que suportar a cara de outros no mesmo transporte… como diz a propaganda, ‘nao tem preco’…

    hardware

    fevereiro 25, 2009 at 22:16

    • Mas aí você está considerando o tempo no ônibus como tempo perdido. Às vezes, é mesmo. Depende do ônibus estar lotado ou não. Mas muita gente lê, estuda, namora, ouve música, descansa, etc. nesses deslocamentos.
      O único tempo que é perdido, sem sombra de dúvida, é o que se passa atrás do volante já que dirigindo não dá para fazer nada com segurança. Quanto tempo vai? Esse tempo você não computou.

      Michel

      maio 13, 2009 at 18:56

      • Em São Paulo, as 2 horas contabilizadas para o ônibus são ADICIONAIS ao tempo gasto no carro, e foi exatamente este o cálculo que fiz quando resolvi comprar um carro – economizar 720 horas de trânsito por ano em minha vida. Como universitária, garanto que não há concentração possível num ônibus que possibilite uma leitura séria. E de onde você tirou que se pode descansar ou namorar num ônibus? No máximo, algum tarado te encoxando. E quanto à música, talvez um agradabilíssimo funk de um vizinho de poltrona! Que delícia!
        Carro é caro, mas infelizmente faz sentido tê-lo nos dias de hoje. Quem sabe um dia, depois de muitos anos de investimento pesado do governo em transporte público de qualidade, valha a pena abandonar o carro – mas algo me diz que isso não vai acontecer.

        Angelica

        abril 28, 2011 at 20:56

  13. Gostei do cálculo !
    Porém vc não considerou ficar parado num ponto de ônibus, em dia de chuva, ou noite de chuva, querendo chegar em casa urgente e o ônibus não vem por causa do engarrafamento, vias interditadas, etc etc etc…
    Se é que ele vem depois…
    Correndo também o risco de assaltos…

    Acho que vc mudaria de opínião rapidamente !
    Um abraço

    André Luis

    maio 2, 2009 at 0:31

    • até aprece que um carro não ficaria preso no engarrafamento assim como o ônibus, o ônibus ainda tem as faixas preferenciais e o carro?

      assalto pode acontecer tanto em carro quanto em ônibus, isso não conta…

      Leonardo

      janeiro 21, 2010 at 14:14

  14. É meu amigo.Assim como vc eu passei anos andando a pé e nao senti saudades de nada daquilo.E u pego o meu carro e vou pra onde quiser.Chego a hora que eu quero.Resolvo varias coisas ,que andando de onibus não conseguiria nem chegaria em tempo hábil.Não pego chuva no ponto de onibus esperando,faço as compras do mes e não preciso carregar sacolas na mão andano a pé e muito menos pego onibus lotado.Tem coisas que só um carro….só um carro….

    zelia

    maio 20, 2009 at 20:06

  15. Outro bom motivo para nao comprar um carro novo é que metade do valor vai para o (des)governo!
    Mais: se vc aplicar o valor do carro, digamos R$ 50 mil, só com o rendimento vc anda de taxi o mes inteiro.
    No meu caso, tenho um carro que vale R$ 20 mil (japones, 4×4, ar, ABS, air bag, automático etc) faz 7 km/l a gasolina. Quando penso em trocá-lo, faço as contas e vejo que o melhor negócio é ficar com ele. Ando 1500 km/mes, IPVA barato, já não desvaloriza mais, faço seguro só contra terceiros

    adriano

    maio 30, 2009 at 11:15

  16. eu tenho uma moto … que gasta entorno de 1900 a 2500 ANO….
    se eu pegar um carro (por conforto..) usarei a moto para momentos mais rapidos ou que nao ajao a nescessidade de carro .. e usarei o carro soh quando mesm onescessario .. isso abaixara o custo dos 2 fazendo um otimo combo…
    !

    Luiz

    julho 18, 2009 at 12:12

  17. Prefiro a espera diária do ônibus e do mototaxi do que o Pneu furado e o posto de gasolina do carro próprio.

    igetn

    dezembro 29, 2009 at 23:15

  18. Parabéns pelo post!
    Muito bom….
    li recentemente um artigo similar que engloba mais alguns custos…
    vale a pena ler!

    http://www.investpedia.com.br/artigo/Quanto+custa+manter+um+carro+Sera+que+voce+pode+compra-lo.aspx

    Felipe Grossi

    janeiro 22, 2010 at 11:47

  19. Achei legal a comparação, mas vejamos bem: Se for contar que em um carro você pode levar até 5 pessoas, e terá um maior conforto, agilidade e rapidez no transporte. Dividindo apenas com 2 pessoas ( no caso você e sua esposa ) daria um custo de aprox. 2500,00 pra cada ao ano, algo em torno de 208,00 por mês, se for colocar o valor de 2 pessoas para o transporte publico já daria os mesmo 5000,00 e ainda teria que aguentar o cansaço, stress e abalo dos ônibus cheios. Bom cada um tem seu ponto de vista.🙂

    Ronaldo

    abril 24, 2010 at 0:20

  20. Bom, eu tb publiquei um estudo igual no meu site ano passado e transcrevi pro meu blog http://blogdafreecycle.wordpress.com Os numeros que cheguei foram bem maiores…Da uma olhada lá. O buraco é bem mais embaixo…rs Ainda bem que vendo bicicletas…rs Abração!

    ricfreecycle

    junho 8, 2010 at 2:32

  21. Isso é tudo muito bonito, mas quando há greves e voce quer ir para algum lado, fica pendurado..

    NÃO TER CARRO É UMA MERDA. VOCE PRÓPRIO É UMA MERDA!

    joao

    julho 8, 2010 at 14:37

  22. Ai ai…é muito bom ter um carro!

    Thiago

    julho 13, 2010 at 20:45

  23. Bom, passei minha vida inteira andando a pé, de ônibus ou mototáxi! Noventa por cento, andando a pé mesmo! Ao longo deste tempo, foi muita chuva na cabeça, esperas longas, sol forte, cansaço, tempo escasso para resolver questões/problemas particulares, etc, etc. Bem, mas um belo dia (está fazendo 1 ano exato), eu comprei um carro! E não me arrependi! Não se pode avaliar isto, apenas e puramente pelo aspecto financeiro! Ou seja, desenvolveram uma fórmula, mas, para mim, ela está incompleta… Há mais variáveis envolvidas neste complexo cálculo: gostos, prazer, lazer, satisfação pessoal, utilidades, benefícios estendidos aos diversos e ocasionais caronas, evitar ficar tomando sol de quase 40 graus na cachola (Tocantins é assim mesmo…), situações de urgências (levar algum familiar ou vizinho ao médico, etc), buscar a esposa, namorada, filha, etc, na rodoviária ou em algum ponto onde não há transporte público, economia em viagens de uma cidade a outra (com a família, fica bem mais barato que pagar ônibus…), economias de tempo em diversas situações (uma: melhor passar a meia hora que sobra (antes de voltar ao trabalho) em casa com a família, que ficar aguardando puto da vida, o ônibus que nunnnnnca chega, vem lotado e nem pára ou pára, mas as pessoas viram “bicho”, disputando quem vai, quem fica… etc, etc… Ah, fala sério, o ideal seria não ter carro devido à poluição, trânsito caótico, acidentes, etc, e não porque vai crê-se (subjetivamente), economizar x ou y (que na verdade nem vai ser uma economia tão relevante assim… Ter carro é bom demais!

    Paulo

    agosto 21, 2010 at 21:55

  24. HAHAHAHAHAHAHA estava navegando aqui na net e por acaso me deparei com essa pagina, bom Na Minha Opiniao respeito muito a opiniao dos nosso amigo aí que diz que ter carro é muito caro, mas meu caro vc está totalmente desatualizado com o mundo, carro é uma necessidade, claro que tem gente que exagera e usa toda hora, mas tem horas que só um carro resolve mesmo, entao concluindo nosso amigo aí precisa ver que se todo mundo pensar igual ele voltamos para as carroças hahahahhahaha e com todo respeito o ser humano precisa progredir e nao regredir risos obs carro foi a melhor invenção, imaginem como era ruin ter que ficar se locomevendo para grandes distancia tipo 100 km? deus me livre encarar isso no lombo de um cavalo hahhahahhaha

    erick

    setembro 16, 2010 at 0:27

  25. muito bom, mas você não calculou a satisfação e o que o carro te traz, coisa que não pode ser calculada para alguns…

    palakea

    janeiro 14, 2011 at 11:23

  26. Concordo plenamente.

    E ainda digo: o valor calculado é bastante conservador, sem falarmos nos inúmeros benefícios além da economia: menos poluição, menos tempo estressado com o trânsito, mais tempo para ler um bom livro, menos preocupação com assalto, onde vai estacionar, se vão bater no carro, arranhar, roubar o som…

    De qualquer forma, o carro te dá satisfação, tanto quanto uma boa roupa. Só que muito mais trabalho.

    Vc pega mulher do mesmo jeito, se diverte do mesmo jeito, pode beber à vontade sem medo de bafômetro.

    Para a realidade de uma Capital como Fortaleza, CE, cujo área de interesse é relativamente pequena e vc vai pra todo lugar por bem menos de R$ 20,00, fica sem carro é a melhor coisa.

    Ainda mais se a empresa que vc trabalha disponibiliza ônibus classe turismo para ir trabalhar em horários confortáveis e compatíveis com os seus.

    Aí é obrigação não ter carro.

    Allan Brito

    janeiro 20, 2011 at 11:28

  27. Se é para fazer grandes percursos, sem dúvidas que o carro particular é melhor. Eu, por exemplo, não preciso de carro diariamente então numa necessidade chamo meu amigo Chumaquer, hahaha. O taxista mais veloz da cidade.

    Estou tirando minha carteira mas estou revendo meus conceitos quanto a ter carro próprio.

    Calculei e vi que taxi sairá mais barato. Quem não quer ter um motorista particular disponível o dia todo?

    Abs.

    Eduardo Soares

    março 23, 2011 at 15:52

  28. Tudo o que posso dizer é… Um cálculo até interessante porém coisa de pobreee que não pode ter um carro, pois não dispõe de dinheiro para isso.

    Nada tira o prazer de estar dentro de um veículo confortável e não ter que dividir o espaço com pessoas que você não conhecem e ficam te assediando, ou até soltando uns pum’s fedorentos, às vezes nem por necessidade mas por falta de respeito ao próximo.

    Aqueles ridículos com camiseta regata, suando em dias de verão com aquele suór nojento escorrendo pra cima da gente.

    Essa marginalidade que compra celulares xing-ling, e se esquecem que os mesmos possuem entrada para fone de ouvido e colocam aquelas músicas de baixo calão em volume perturbador aos outros, e se acham os donos do transporte.

    Enfim! Concordo que ter um carro é um gasto até exorbitante, mas para todas as outras coisas existe MASTER CARD.

    A necessidade faz o ladrão, garanto que se pudesse ter um carro e bancá-lo, não teria nem aberto este espaço neste forum para contabilizar os prejuízos.

    O observador

    agosto 18, 2011 at 20:23

  29. TER CARRO E MUITO CARO ……O NESSES 6 MESES DO ANO JA GASTEI 6 MIL
    MAS NAO ARREPENDO TER CARRO E BOM DEMAIS

    saionara

    agosto 7, 2012 at 22:17


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: